Tomo muitos cafés durante o dia. Gosto de café forte, com adoçante. Mas mais do que tomar café, gosto muito do local onde tomo café, do café ou cafeteria propriamente dito.

Existem vários ambientes, uns mais sóbrios, outros mais despojados. Existem os que tocam música ambiente, outros que mantém a TV ligada, e outros ainda com bom material para leitura : o jornal do dia, revistas interessantes, livros de poesia, crônicas.

Mas o ambiente pode ainda ficar mais interessante se estiver num lugar agradável. Cafés de museus são os meus prediletos, pois aquele ambiente charmoso também pode esbanjar cultura, e aí a combinação fica perfeita !

Um bom café, num bom ambiente, num bom local pode também ser melhorado com uma boa companhia. Pode ser sua mãe, que ao tomar o café, se abre para uma boa conversa, às vezes até trivial, mas que te faz conhecer aquela mulher tão próxima sua cada vez mais.

Pode ser com um amigo de infância, que faz uma pausa no seu dia só pra te encontrar e botar o papo em dia, ou mesmo um amigo recente, mas que tem enormes afinidades com você.

E pode também ser com seu amor, por que não ? Num trivial cafezinho relações se estreitam, sentimentos desabrocham, pessoas se entendem…

Mas…. se você não gostar de café, certamente tem alguma coisa que você gosta, e que feita a dois é muito mais gostosa. Você é quem sabe qual é o seu momento e lugar que te fazem bem, e nunca – nunca mesmo – deve deixar de cultivá-los.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest