Quem Sou

patricia camargo coaching afetivo

Patrícia Camargo é Coach e Psicanalista. Trabalha com Coaching de Vida e é especialista em Coaching Afetivo. Ela acredita que uma vida afetiva plena é tão importante quanto a realização profissional e que devemos buscar a felicidade em todas as nossas esferas de atuação : na sociedade, na família e interiormente.

Com o Processo de Coaching Afetivo, desenvolve um trabalho visando uma melhor qualidade nos relacionamentos para solteiros, namorados/noivos, casados, separados e viúvos. Realiza atendimentos presenciais em Campinas e Sorocaba e também via Skype para todo Brasil e para brasileiros residentes no exterior.

Desenvolve também processos de Coaching de Vida em Grupo nas cidades de Campinas e Sorocaba. É fundadora e curadora do Grupo de Estudos de Coaching & Desenvolvimento Pessoal de Sorocaba e co-autora do livro “Coaching : grandes mestres ensinam como estabelecer e alcançar resultados extraordinários na sua vida pessoal e profissional”. É facilitadora do Jogo da Transformação e palestrante.

Formada em Administração de Empresas, além de atuar como Coach e Psicanalista Clínica, é também conciliadora da Justiça Federal desenvolvendo um trabalho de pacificação da sociedade. É membro do ICF – International Coach Federation e filiada à Associação Brasileira de Psicanalistas Clínicos (ABPC). É colunista de diversos blogs, entre eles: Cloud Coaching, Plena Mulher, Stum, Psicanálise Sorocaba e Empretecos World.

Participou do Programa Empretec concebido pela ONU e do Curso Gestão CMA da “Metanóia – Propósito nos Negócios”.

Missão

Propiciar às pessoas o autoconhecimento, especialmente em relação às suas potencialidades, para que elas sejam capazes de idealizar e alcançar seus sonhos.

Visão

Garantir a todos que desejarem, um processo de Coaching Pessoal com comprometimento, pois através da realização pessoal, todos poderão alcançar a felicidade e manter a inspiração para que novos sonhos sejam idealizados e alcançados.

Valores

Mostrar a cada pessoa o quanto ela é especial, simplesmente por ser única. Valorizar em cada ser humano o que ele tem de melhor a fim de que ele descubra seu próprio potencial de auto-realização.