Falar é fácil, sempre foi fácil! Apontar o que é certo e o que é errado é muito simples quando não se trata de nós mesmos. Dizer o que deve ser feito é algo que muitas pessoas fazem com maestria. No fundo, no fundo… todos nós sabemos o que é certo e o que devemos fazer. Mas fazemos?

Minhas palavras terão mais peso se eu representar através dos meus atos aquilo que tanto prego. Se acho que o outro deve ser mais paciente, sou eu mesma paciente o suficiente? Se penso muito antes de tomar uma decisão, não é mais fácil eu apontar o melhor caminho para alguém impulsivo?

Clique aqui e leia mais.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest