Algumas pessoas me perguntam se Coaching via Skype funciona. Outras não perguntam, mas vejo um certo receio em relação a esta modalidade de atendimento, especialmente no Brasil.

Somos um país latino, valorizamos o “olho no olho”, os abraços, os sorrisos, o contato direto. Será que um processo de Coaching á distância vai funcionar ?

A resposta é sim, desde que haja confiança, como ocorre no atendimento presencial. Num processo de Coaching, questões profundas serão abordadas, metas serão traçadas, haverá um trabalho sério desenvolvido entre o Coach e o Coachee (cliente), e a base de um trabalho assim é necessariamente a confiança.

A confiança não é somente adquirida pessoalmente. Para contratar um Coach á distância, procure informações sobre ele, sua formação, sua área de atuação, seus artigos.

Outra coisa importante é garantir para que não haja nenhuma interrupção durante a sessão. Como ela será via computador, geralmente da casa ou do local de trabalho do cliente, há uma tentação enorme para interrupções, que caso ocorram, atrapalham muito no processo. Disciplina é fundamental.

Nos EUA e na Europa, mais da metade dos processos de Coaching se dão via Skype ou telefone, pois nestes países a prática do Coaching já está mais disseminada e seus resultados já comprovados apenas reforçam a eficácia desta modalidade de atendimento.

Freud adotou o divã para deixar o paciente mais relaxado, para que ele pudesse se entregar sem defesas, pois ao se deitar no divã, o paciente fica de costas para o psicólogo, como se não estivesse alguém ali, e assim seus pensamentos e sentimentos fluem mais livremente.

Fazendo uma analogia para o século 21, o Skype seria nosso divã moderno, permitindo que o cliente se exponha ao Coach sem travas, fazendo com que o tema em questão flua com mais naturalidade.

Nossa voz e nosso modo de falar revelam muito sobre nós. Através da voz transmitimos tristeza, alegria, receio, confiança, coragem, temores… e muitos outros sentimentos que serão muito importantes para o processo de Coaching.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest